Sonhos realizados!

Em março de 2017 conhecemos na Feira de Literatura Infantil de Bologna o trabalho que realiza a Direção- Geral do Livro, dos Arquivos e das Biblioteca de Portugal (DGLAB), particularmente graças a insuperável a Assunção Azevedo de Quintanilha e Mendonça. Ela foi a responsável de nos sugerir, em outubro de 2017, um trio de ilustradores/autores para serem convidados a participar do Kolibrí Festivaali 2018. Por muitos motivos, optamos por escolher a Yara Kono, ilustradora, ganhadora do prêmio de ilustração de Portugal, brasileira e parte da incrível equipe da editora Planeta Tangerina. Este programa de convidar um ilustrados o autor de destaque na literatura infantil, complementa nosso programa de promover artistas e criativos de origem Iberoamericana residentes na Finlândia que fazemos desde 2015. Yara veio ao Kolibrí para trazer criativas oficinas de ilustração às crianças e suas famílias além de ter suas obras expostas como parte do programa principal do festival. Ela também ministrou um masterclass para alunos da Universidade Aalto e uma oficina interna a profissionais ilustradores finlandeses. Estas duas atividades nós pudemos organizar graças a cooperação que temos junto da Associação Finlandesa de Ilustradores, Kuvittajat ry.

Com este novo desafio, o Kolibrí se propõe a encorajar a troca de experiências entre artistas profissionais finlandeses e iberoamericanos. Por outro lado, nós também promovemos o trabalho de renomado autores e ilustradores iberoamericanos às famílias na Finlândia, criando um vínculo concreto com suas raízes. Vemos nessas atividades a chave para a criação de uma Finlândia multicultural, para a promoção do trabalho dos artistas iberoamericanos que vivem aqui e, claro, para a educação das novas gerações.

Com a ajuda de muitos, muitos voluntários e diversas instituições e organizações finlandesas e ibero-americanas, estamos trabalhando em direção a esses objetivos. Em 2016, tivemos a Isol Misenta (Argentina) e em 2017, o Isidro Ferrer (Espanha) como nossos convidados de honra. Quando Isidro veio, nós também organizados uma exibição retrospectiva de seu trabalho. Como sugestão dele, vendemos ilustrações para auxiliar a continuação do Kolibrí. Um lindo gesto de sua parte e uma grande alegria para todos! A exibição foi um sucesso. Nossa curadora, Ina Fiebig (Alemanha), e sua equipe fizeram um excelente trabalho. Além disso, nosso artista yväpuru Samaniego (Paraguai) desenhou uma fantástica estrutura modular para exibir as ilustrações.

Desde a visita da Isol, estamos tentando conversar com editores finlandeses para traduzirem seus livros para o finlandês, já que eles já estäo disponíveis em outras línguas faladas no Mar Báltico. Infelizmente, ainda não temos esses livros disponíveis em finlandês. Não importa quão maravilhosas essas obras sejam, ainda não conseguimos este empreendimento. No entanto, durante a feira do livro infantil de Bologna deste ano, enquanto uníamos forças com DGLAB para afinar o programa da nossa convidada, Yara Kono (Brasil/Portugal), nós conhecemos as corajosas editores de Etana Editions. Esta editora finlandesa independente é comandada por duas criativas designers, pioneiras na exibição de seus livros em Bologna, uma área em que a Finlândia não é muito conhecida. Foram delas que ouvimos que a Etana iria publicar um dos livros da Yara e que ele poderia ser publicado durante o Kolibrí 2018. Isto é realmente notável, já que, na história da literatura infantil finlandesa, este é o quarto livro em português traduzido para o finlandês!

  • Amado, Jorge: Kirjava Kissa ja Tytti Pääskynen: rakkauskertomus. “O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá”, suom. Hilkka Mäki, Otava, 1984.
  • Bojunga Nunes, Lygia: Seitsenlokeroinen laukku. “A bolsa amarela”, suom. Kaija Löytty ; kuv. Reinhard Michl. WSOY, 1987.
  • Pepetela: Koiran tarina. “O cão e os calús”, suom. Jarna Piippo, Like, 1992.
  • Minhós Martins, Isabel & Kono, Yara : Sata siementä, jotka lensivät pois. “Cem sementes que voaram”, suom Antero Tiittula, Etana Editions, 2018.
  • Lucas, Ana: Valaan kertomuksia. Crónicas de uma Baleia” suom. Antero Tiittula, Into, 2018.

Melhor que ganhar na loteria! Cem sementes que voaram, escrito por Isabel Minhós Martins e ilustrado por Yara Kono foi traduzido para o finlandês como “Sata siementä, jotka lensivät pois”, foi lançado no dia 1 de outubro durante a abertura oficial do Kolibrí, junto da inauguração de “Sementes”, nosso exibição do trabalho da Yara (que só foi possível graças ao apoio da cidade de Espoo e do Centro Cultural Brasil-Finlândia). Etana também contribuiu durante o programa do Kolibrí Festivaali com uma oficina para crianças. Além disso, no dia 4 de outubro tivemos um seminário para discutir a importância dos livros infantis, o trabalho das editoras independentes e o que significa fazer do mundo um local melhor através da cultura infantil.

Parabéns para todos vocês, parabéns voluntários do Kolibrí Festivaali!

Laura Gazzotti
Tradução: Gabriela Brasil
Ilustração: Etana Edition

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.