Outono generoso III

Vuotalo foi cenário da Grande Festa de Outono e a despedida do Kolibrí. As oficinas da manhã, pouco a pouco, foram enchendo de famílias completas, assim como avós e avôs juntos com seus netos. Cerca de 300 crianças recorreram Vuotalo nessa tarde agravável. A construção de jogos de papelão com a brinquedista Ina teve a participação de mais de quarenta família logo no início. A oficina de música Ponchito de los Andes preencheu todo o espaço disponível nas duas oportunidades e promoveu uma amena conversa com os pequenos e a possibilidade de tocar os instrumentos, foi um sucesso! A Alegria Amazônica estava repleta de pequenos que que dançavam como os animais da selva. Os trajes das professoras eram cativantes! As Cantigas com os bebês se iluminou com doces balbucios e logo, com os maiores, ao som da guitarra de Fabio, os ritmos brasileros encheram a sala com maravilhosas melodias. Os contos contados de Paco de Laguna e lovo os Muchos Cuentos com Jaime reuniram a atentas e curiosas famílias e crianças. E o teatro de sombras com a história de Napo na floresta amazônica foi um sucesso!
A festa mágica do Kolibrí reuniu as famílias em torno do espirito valioso dessa maravilhosa e colorida ave. A fada da cultura, personificada pela Maria Luisa Lozano Letelier, brilhou seu enigmático dom multilingue para se conectam com todos os participantes, conquistando toda sua atenção e divertimento. O maravilhoso coral de crianças, dirigido por Tristana Ferreyra, deu a força para montar o público nas asas do beija flor. Em seguida, a música da harpa e do violoncelo da Natalia e Sergio Castrillón ofereceram uma viagem sonora encantadora. As famílias responderam com uma ativa participação. Para terminar com chave de ouro tivemos as danças do Pasos de Fuego, suas danças tradicionais e coreografia colorida arrancaram emotivos aplausos do público.
Essa viagem de generosidade e alegria não terminava, todas as famílias foram coroadas e premiadas com livros em espanhol, doados pela Embaixada do México. A dança final foi feliz, repletas de crianças e não tão crianças vestidos com trajes tradicionais e fantasias. Essa tremenda festa era o corolário do Kolibrí de outono. Novos amigos e muitos abraços foram o mais precioso dom.
Desde já, começamos a trabalhar para manter quente e iluminado o caminho de volta do Kolibrí para a próxima primavera 2016. MUITO OBRIGADO POR NOS ACOMPANHAR EM NOSSA VIAGEM IANUGURAL.

Foto de Ingrid Berlanga

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.